Quando se fala em casamento logo se pensa nos custos para a realização do evento. A maioria das “minhas” noivas sempre diz que tudo que envolve a palavra casamento fica automaticamente mais caro. Além de tudo, é difícil não se encantar com as coisas mais caras, que sempre parecem melhores e mais bonitas. Então como economizar?

Seguem algumas dicas:

  1. Ao decidirem se casar o primeiro passo é definir o valor máximo que poderão gastar com o casamento, dentro disso, procurem adaptar o sonho à realidade de vocês. Não vale à pena começar uma nova vida com dívidas.
  2. O segundo passo é definir o número de convidados, com base nele é que todo o valor da festa será calculado. Não é elegante convidar algumas pessoas para a festa e outras apenas para a cerimônia. Procure adequar o seu número de convidados ao seu orçamento.
  3. Compare orçamentos e analise quais oferecem melhor custo benefício, nem sempre o menor preço é o mais vantajoso. Ao escolher um determinado profissional, procure negociar as melhores condições de pagamento.
  4. Procure avaliar profissionais da mesma qualidade, para poder comparar valores. Fica muito difícil comparar coisas que sejam muito diferentes uma da outra.
  5. Definam uma porcentagem máxima a gastar com cada item. E coloquem todos os valores em uma planilha para não extrapolar o orçamento. Clique aqui pra baixar a sua planilha de controle financeiro do casamento.

Bebidas

  1. Aproveite as promoções pós-reveillon para comprar espumantes.
  2. Se fizer a festa de manhã as bebidas alcoólicas podem ser substituídas por sucos e coquetéis.
  3. Contrate uma empresa que forneça bebidas consignadas, assim você só paga por aquilo que consumir. É importante sabe que as bebidas que forem geladas não podem ser devolvidas.

Decoração

  1. Se escolher casar na igreja, procure uma que realize mais de uma cerimônia por dia. Assim você poderá dividir os custos da decoração com outras noivas.
  2. Procure usar flores da estação, são mais baratas.
  3. O uso de velas ao invés de flores pode baratear a decoração. Se você casar à noite pense nessa opção.

Convites

  1. Escolha papéis nacionais ao invés dos importados que normalmente são mais caros. Há vários muito bonitos, vale à pena procurar uma opção interessante.
  2. Quanto mais detalhes tiver o convite (acabamentos, recortes etc) mais caro ele ficará. Se a ideia é economizar procure acabamentos mais simples.
  3. Quanto maior o convite mais caro ele se torna, procure um tamanho razoável. O ideal é que o convite tenha ao menos 20 cm de largura.
  4. Deixe para encomendar os convites mais perto do casamento. Quatro ou cinco meses antes são suficientes, nesta época todos os detalhes já estão confirmados com absoluta certeza (data, horário e local). E vocês não correm o risco de ter que refazer os convites.
  5. Se tiver habilidade para isso você pode fazer seu próprio convite.

Faça você mesma (DIY)

Você pode fazer vários itens para o seu casamento, como lembrancinhas, convites, porta-guardanapos entre outros. Aqui no Only Two você encontra uma seção com vários projetos DIY.

Carro da Noiva

  • Verifique se alguém da família ou algum conhecido tem um carro bonito e espaçoso que possa levá-la até a cerimônia.

Música

  • Banda é sempre mais animado, mas não há como negar que o DJ sai mais em conta. Não só pelo valor do serviço como pela quantidade de jantares que você irá pagar para os profissionais. (Você deve incluir na quantidade total de pessoas todos os profissionais que trabalharem na sua recepção.)

Lembrancinhas

  1. Substitua as lembrancinhas pelo bem-casado na mesa de fechamento.
  2. Se preferir outro tipo de lembrancinha procure algo que possa ser feito por você.

(Imagem: Pixabay)

♡ Siga o Only Two ♡

 

 

 

 

 

 

 

 

♡ Compartilhe essa inspiração ♡

Sou apaixonada por histórias de amor! Quando organizo um casamento procuro conhecer a história do casal e colocar detalhes dela no contexto do casamento. Acho legal quando os convidados reconhecem o casal e sua história nos detalhes do evento.

Pin It on Pinterest