♥ A História

A Clarissa e o André torcem pelo mesmo time e ambos frequentam o estádio. Num certo dia, início do campeonato estadual de 2007, ela percebeu que ele havia visualizado a sua página no antigo Orkut. Até então ela nunca o tinha visto. Mas, por coincidência, naquele dia ela combinou de encontrar um amigo no bar do estádio e quem estava na mesma mesa que o amigo quando ela chegou lá? O André!

A partir de então eles começaram a se falar quase todos os dias e não demorou pra começarem a assistir aos jogos juntos. O primeiro beijo veio logo em seguida e logo eles começaram a namorar.

♥ O Casamento

Era pra ser apenas uma viagem de férias do casal, até que eles viram uma foto de um casamento na Tailândia e eles decidiram por casar lá. O sonho deles sempre foi um Elopement Wedding que é um casamento só para o casal.

A organização foi toda à distância. Pela internet a Clarissa pesquisou várias empresas até encontrar uma empresa na ilha Koh Samui que organizava tudo que eles precisavam para a cerimônia.

Ela nos conta como foi essa pesquisa:

Em todas as empresas que contatamos (e foram muuuuitas), buscamos os mesmos itens do pacote: decoração, mestre de cerimônias, fotos tratadas e originais num pendrive, transfer resort/local da cerimônia/resort. Isso era muito menos do que qualquer pacote mais simples oferecia.

Fiz o orçamento com muitas empresas até encontrar a Anna, uma russa que mora em Koh Samui e tem uma empresa com marido. Na empresa, só trabalham os dois e talvez por isso o valor da nossa cerimônia tenha ficado bem abaixo dos orçamentos com outras empresas. Ahhhhh… nas pesquisas sobre a Tailândia, todos os sites que eu procurava informações sobre a cultura, sempre falavam que tudo você deveria pechinchar (tudo menos comida). Então não pensava duas vezes antes de pechinchar até os orçamentos da cerimônia de casamento.

Depois que escolhemos a Magic Day (nome da agência da Anna), começamos a organizar tudo o que eu queria e o que eu não queria no nosso pacote para a cerimônia. Fechamos com ela o seguinte: transfer, decoração, fotos, mestre de cerimônias e sand ceremony. Deixamos de fora do pacote: maquiadora (não gosto de fazer maquiagem com quem não conheço), manicure/pedicure, mesa de petiscos, bebidas, música, vídeo e grinalda. Como o dólar estava muito caro na época e ainda ficaríamos viajando 37 dias, cortamos todo os gastos desnecessários.

Como eram 9 horas de diferença do fuso horário, trocávamos e-mail praticamente uma vez ao dia, para decidir horário e local da cerimônia, cores e tipos das flores, cor da tenda, etc… Ahhh… pagamos 20% do valor total antes e o restante apenas no dia da cerimônia. No dia que chegamos em Bangkok (5 dias antes do casamento), a Anna me mandou um e-mail falando que eles gostariam de fazer um videoclipe de propaganda da empresa e gostariam de saber se poderiam fazer com o nosso casamento. Claro, né?!?!?! (Tinha até um drone!)

No dia do casamento, o Florence (marido da Anna) nos buscou no nosso resort, que era do outro lado da ilha e nos levou até o local da nossa cerimônia (uma praia que não tinha ninguém). Quando descemos do carro e fomos na direção do local da cerimônia, ficamos chocados, pois estava tudo mais bonito do que poderíamos imaginar! Apesar de termos tirado do pacote, tinha uma garçonete com uma mesa linda e cheia de petiscos de frutas e água de coco.

Escolhi não casar com vestido de noiva. Foi um trabalho difícil pra mim e pro meu pai convencermos minha mãe que não precisava ser um vestido de noiva, e que uma saia longa e um top tinham muito mais a minha cara e combinavam muito mais com a praia! Levei daqui uma saia longa e um top (que meus pais ajudaram a escolher) e a grinalda (que eu mesma fiz).

Casamos do jeito que sempre sonhamos: só nós dois, descalços e em contato com a natureza. Como eu gosto de dizer: a pachamama* era nossa testemunha.

* Pachamama, é a mãe Terra.

 

Salvar

Clarissa Capellari

A noiva

♥ O Resultado

O resultado disso tudo foi um casamento lindo, cheio de amor, com cerimônia das areias (sand ceremony).

Casamento na Tailândia

Casamento na Tailândia

Casamento na Tailândia

Casamento na Tailândia

Casamento na Tailândia

Casamento na Tailândia

Casamento na Tailândia

Casamento na Tailândia

♥ Uma dica dos noivos

Salvar

Salvar

Minha dica aos casais que buscam um destination wedding é que pesquisem muito antes de fechar com alguma empresa. Não apenas pelo valor da cerimônia, mas pra ver se o que a empresa oferece é o que você realmente busca.

Super indico uma cerimônia de casamento como a nossa. Gostamos tanto que já estamos pensando onde fazer a renovação de votos em 2020.

Clarissa Capellari

A noiva

♥ E a família o que achou?

Perguntei pra Clarissa o que a família achou deles casarem só os dois, num lugar distante. Segundo ela, os pais apoiaram. Mas, pediram que eles fizessem um happy hour com uns amigos num bar após o casamento civil que foi no Brasil.

Estilo

Destination Wedding

Tipo de Casamento

Casamento na praia

Cores

Organização e Fotografia: Magic Day

♡ Siga o Only Two ♡

 

 

 

 

 

 

 

 

♡ Compartilhe essa inspiração ♡

Sou apaixonada por histórias de amor! Quando organizo um casamento procuro conhecer a história do casal e colocar detalhes dela no contexto do casamento. Acho legal quando os convidados reconhecem o casal e sua história nos detalhes do evento.

Pin It on Pinterest